gallery/nr35

ABT CONSULTORIA

 Formar trabalhadores com conceitos prevencionistas e que atendam o disposto da NR 35 e demais NR’s. O empregador deve fornecer essa orientação, no mínimo, bienal, ou sempre que houver mudanças na empresa, ou quando o colaborador ficou afastado por mais de três meses, com o retorno ao trabalho (exames e curso), ou quando ocorrer eventos que indiquem a necessidade ou ainda mudanças nos procedimentos, condições ou operações de trabalho.

 

 A Programação Básica do Curso deve conter, no mínimo:

Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura;

Análise de Risco e condições impeditivas;

Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle;

Sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva;

Equipamento de Proteção Individual (EPI) para trabalho em altura: seleção, inspeção, conservação e limitação de uso;

Acidentes típicos em trabalho em altura;

Condutas em situações de risco, incluindo noções técnicas de resgate e primeiros socorros e uso do EPI.

O treinamento periódico bienal deve ter uma carga mínima de oito horas, para os demais casos, a carga horária e o conteúdo programático devem atender a situação que o motivou.

Acompanha certificado para a empresa, contendo o nome de todos os colaboradores que participaram do treinamento e certificados individuais.Treinamento ministrado por profissional – Técnico em segurança do trabalho. 

 

 TREINAMENTO DE TRABALHO EM ALTURA NR 35